Seguidores

quinta-feira, 30 de abril de 2009

4 maneiras para comer bem


1. Em pé!? Comer é sentado Coma sempre sentado e nunca de pé - o sistema digestivo humano, ao contrário do de outros animais, tem uma estrutura em que é necessário estar sentado para os órgãos digestivos descontraírem e digerirem adequadamente a comida. Corte com o hábito de comer de pé e aprenda a apreciar as refeições sentado e com as costas direitas.


smileys




2. Preguiça para mastigar? Pelo menos 30 vezes em cada garfada Mastigue bem, pelo menos 30 vezes cada garfada; se quer exercitar os maxilares e adquirir uma calma imensa, mastigue muito mais do que isso. Uma das regras para se mastigar bem é começar calmamente com a primeira garfada - se assim o fizer a tendência é das restantes se manterem ao mesmo ritmo. Ao mastigarmos os alimentos a digestão processa-se muito melhor: ao misturarmos os alimentos com saliva estes tornam-se mais saborosos, digeríveis e assimiláveis. Os orientais dizem também que a saliva e mastigação fornecem aos alimentos mais energia vital, ki ou chi.




smileys


3. ZZZZZZ. Antes de dormir não se vai comer Não coma duas ou preferivelmente três horas antes de dormir; quando comemos antes de dormir, o sono não é tão reparador, é mais fácil aumentar de peso, o sistema digestivo é afectado e o fígado não consegue executar tão bem as suas funções de desintoxicação. Faça a experiência de não comer antes de dormir durante uma semana e sinta a diferença no sono e quando se levanta de manhã. Se tem tendência para acordar cansado, esta é uma prática a levar à letra.

smilie




4. O mau hábito de “depenicar” Coma refeições regulares e completas, pelo menos duas, preferivelmente três por dia; o hábito de passar o dia a “depenicar”, sem comer nenhuma verdadeira refeição é um mau hábito - sobrecarrega o sistema digestivo, afecta o metabolismo de açúcar, contribui para a obesidade. Tente comer refeições completas, não apenas uma sandes e um galão para o almoço, com um chocolate a meio da tarde.

smileys

Nenhum comentário: